Quarta-Feira, 13 de novembro de 2019 Nossa história      

Notícias

População de Paes Landim escolhe seus novos conselheiros Tutelares

A população de Paes Landim de forma democrática elegeu, neste domingo, (06/10), os novos Conselheiros Tutelares que atuarão na defesa e promoção dos Direitos das Crianças e adolescente entre os anos de 2020 a 2024.

A população de Paes Landim de forma democrática elegeu, neste domingo, (06/10), os novos Conselheiros Tutelares que atuarão na defesa e promoção dos Direitos das Crianças e adolescente entre os anos de 2020 a 2024. Durante pleito foram escolhido 5 Titulares e 5 Suplentes. Veja como ficou o Resultado geral:
Titulares:1º José de Jesus da Silva 239 votos; 2º Deilson Brito Feitosa 217 votos; 3º Adail Ferreira 193 votos; 4º José Luiz de Carvalho 181 votos; 5º Thiago de Carvalho Mauriz 153 votos;
Suplentes;
6º Juniel de Carvalho Ferreira 144 votos; 7º Gleibson Plácido do Nascimento 140 votos;8º Cleilton Santana 140 votos; 9º Simone da Silva Mendes 139 votos; 10º Osvaldo Marques M. Junior 110 votos. Verificou-se que durante o período total de votação, compareceram e votaram 2. 210 eleitores. Não comparecera 1.277. Vale destacar que durante o pleito eleitoral, não foram registrado quaisquer tipo de protestos ou duvida durante todo o processo de escolha. Segundo a Assistente Social, Divanilda Bezerra, a eleição foi tranquila, com número satisfatório de eleitores. “Apesar do forte sol, tivemos um número satisfatório. Presenciamos boa parte da população paeslandinenses exercendo cidadania com prazer. Agradeço aos eleitores e ainda a equipe que trabalhou conosco para o bom andamento do processo de eleição.” Finaliza a mesma. Os Conselhos Tutelares são órgãos permanentes e autônomos, ou seja, uma vez criados, não podem ser extintos e subordinados a quaisquer outros órgãos estatais. Instituídos pela Lei 8.069, no dia 13 de julho de 1990, foram criados junto ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). É a instituição encarregada pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente definidos no EC.